MULHER VIRTUOSA!!!!!

Posted: July 23, 2010 in Uncategorized

A mulher que teme ao Senhor será louvada
Fiquei irritado, peguei minha bagagem e saí sem me despedir dela como deveria. Entrei no carro bravo e fui embora remoendo meu mau humor. Em plena estrada o Espírito Santo começou a falar ao meu coração sobre minha atitude e, a raiva em meu coração, deu lugar ao arrependimento. Ao chegar em Niterói procurei ansioso um telefone e liguei imediatamente para ela. Pedi perdão e reafirmei-lhe meu amor. A resposta que recebi encheu meu coração de gratidão a Deus por ter me dado uma esposa como Judith.
– Jaime, quando você saiu de casa e entrou no elevador eu já o tinha perdoado! Um homem que tem uma esposa assim, sensível à graça de Deus e pronta a estender essa graça a outros é imensamente rico! Feliz o homem cuja mulher perdoa seu marido por suas desconsiderações e insensibilidades, quando ela focaliza sua atenção nas virtudes dele e pede ao Senhor força especial para amá-lo. Naquela estrada até o Rio, meu coração estava sendo tocado pelo Pai em resposta às orações de minha esposa.
A mulher cristã tem na Palavra de Deus seu espelho. (O homem também, mas neste artigo estamos focalizando a mulher). O livro de Provérbios fala muito sobre uma boa esposa, vamos ver alguns versículos:
“Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor excede o de muitas jóias” (Pv 31.10)
“O que acha uma esposa acha o bem, e alcançou a benevolência do Senhor” (Pv 18. 22)
“A casa e os bens vêm como herança dos pais, mas do Senhor a esposa prudente” (Pv 19.14)
A esposa é um presente divino, uma preciosa e rara dádiva para o marido. Ela transmite o amor e o carinho do Senhor para seu esposo. Nos dias atuais, de pressões, demandas e expectativas, temos que reconhecer que o casamento é muito mais do que um homem vivendo com uma mulher. É um elo sagrado em que a esposa, com sua sensibilidade, revela um pouquinho do caráter de Deus ao seu marido.
Deus disse em Gênesis 1.28: “Não é bom que o homem esteja só…”. Sabendo disso, o Senhor criou da sua própria carne e ossos, a primeira mulher e a chamou “varoa, porquanto do varão foi tomada” (Gn 1.23).
Um dos privilégios dados por Deus para a mulher é ela procurar evitar que o marido sinta-se só. A esposa é uma proteção contra a alienação. Ela é um santuário onde ele pode se refugiar de suas batalhas contra a dor das críticas, decepções, cinismo e competições.
Poucas pessoas se preocupam com os sonhos, esperanças e medos dos homens. A sociedade o pressiona a ser sempre forte e capaz. Seus amigos falham no amor e na lealdade. Desde a expulsão do Jardim do Éden, o homem almeja ter comunhão e um relacionamento de transparência com seu semelhante. Ele precisa ser autêntico e íntimo com sua esposa. Ninguém o conhece tão bem quanto ela. Ninguém pode e deve amá-lo de forma tão compreensiva. Ela não é a mãe do marido, é a esposa, que juntamente com ele, dará a orientação àquela família. Tenho a forte tendência de ser sonhador, visionário. Preciso de alguém que acredite e entenda minhas idéias, meus sonhos, que esteja disposto a caminhar comigo para a realização de meus ideais mas questionando-me também, quando necessário. Para mim, essa pessoa é minha esposa. Em cada fase de nosso ministério, desde o início com Sepal e Vencedores Por Cristo, passando pelas diversas formas de desempenho e ferramentas utilizadas como encontros, seminários, revistas, etc. até atualmente com o ministério Lar Cristão e suas variadas áreas de atuação, as opiniões de Judith são muito preciosas para mim. Mesmo naquelas ocasiões em que me faço de surdo às suas palavras e algo não dá certo, ela não atira em mim a famosa frase: “Viu, eu não disse? “.
Marido e esposa – ambos são humanos, falhos e precisam um do outro. A mulher que busca em Deus forças para ser uma boa esposa, procura aliviar a solidão de seu marido, acreditar em seus sonhos, separar tempo para ouvi-lo e questioná-lo sabia e brandamente, quando seus sonhos são ilógicos. Enfim, o objetivo de seu coração é apoiar o marido para que ele se torne o que Deus deseja que ele seja. Conhecemos mulheres que são heroínas, que sustentaram seus lares sozinhas, por ausência ou abandono de seus maridos. Conhecemos mulheres sábias, que apesar de maridos instáveis, conseguiram dar um direcionamento seguro a seus lares. Conhecemos mulheres dóceis, firmes, com fibra, que colocam seus lares como alvos constantes de oração. Conhecemos maridos que são dignificados e abençoados por causa de suas mulheres.
Porém, também conhecemos mulheres que destruíram seus lares, que não buscaram a orientação do Senhor frente às intempéries da vida. Mulheres que não valorizaram seus maridos, que não compreenderam o importante papel da mulher no lar, na sociedade e partiram para ameaças e disputas inúteis com seus maridos. Não quero correr o risco de ser taxado como simplista, há situações complicadíssimas, há mulheres que sofrem barbaramente nas mãos de maridos hostis e vice-versa.
Na maioria das vezes é a mulher quem busca ajuda para seu lar e relacionamento. O homem permanece “na dele” e, quando se manifesta é quase sempre para que o esposa pare de confrontá-lo. A gama de situações é incontável. Porém, uma coisa garantida: a mulher que teme ao Senhor será louvada. Nem sempre esse louvor virá na hora e nem da pessoa esperada. Porém, poderá ser entregue pessoalmente pelo próprio Pai. Querida amiga e irmã, que esse seja o incentivo quando o desânimo vier. E, acima de tudo, que Deus dê sabedoria às mulheres cristãs para poderem conduzir seus lares de acordo com a Sua vontade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s